Deputado recebe visita de associação nacional que defende portadores de visão monocular - Marcos Martins

Deputado recebe visita de associação nacional que defende portadores de visão monocular

Na tarde do dia 5 de março, o deputado estadual Marcos Martins (PT) recebeu a visita de representantes da Associação Brasileira dos Deficientes Portadores de Visão Monocular, pessoas que só podem enxergar com um dos olhos. O encontro aconteceu na Assembleia Legislativa e teve participação de membros da associação, como João Luis Gomes Libório, Bruno Augusto Moura Souza e José Roberto, além do deputado Carlinhos Almeida (PT), relator do Projeto de Lei de autoria de Marcos Martins que visa enquadrar os portadores da visão monocular nas normas legais brasileiras que descrevem os quadros de deficiência. É comprovado o fato de que a visão monocular dificulta a definição de profundidade e distância, podendo ser impeditiva para diversas atividades, principalmente as profissionais. Representantes da associação cumprimentaram o parlamentar pela iniciativa e sensibilidade na criação do projeto de lei. De acordo com os representantes da associação, de 30% a 40% dos portadores de visão monocular tem suas atividades laborais prejudicadas. A discriminação por parte de empresas é outro desafio a ser vencido pelos deficientes. “Nós não queremos aposentadoria, queremos apoio do governo e da sociedade para não sermos discriminados”, desabafou João Luis. O projeto de lei de Marcos Martins, que aguarda aprovação na Alesp, é baseado numa lei aprovada no Estado do Espírito Santo em 2007. Recentemente, foi aprovada outra lei semelhante também em Goiás. “O projeto do deputado [Marcos Martins] reforça muito a luta pela inclusão dos deficientes monoculares, já que São Paulo, pela sua dimensão, será modelo para outros Estados. Este será um ganho sem precedentes para os portadores e familiares”, ressaltou José Roberto. De acordo com a associação, em média de 1% a 2% da população possui visão monocular, sendo que cerca 400 mil pessoas dentro deste percentual, encontram-se em São Paulo, o que reafirma a importância do projeto de lei do deputado. Além dos problemas visuais e de discriminação enfrentados pelos portadores da visão monocular, há outros problemas de saúde causados pela deficiência, como problemas de pressão e de coluna, devido ao maior esforço para realização de tarefas diárias. Em São Paulo, o deputado Marcos Martins espera que, em breve, o projeto seja aprovado pela Assembleia e a lei sancionada pelo governador. “Nosso mandato tem a característica de ajudar a corrigir as injustiças impostas pela sociedade. Sendo assim, daremos nossa contribuição para ajudar as pessoas com visão monocular e desta forma, ajudar a melhorar suas vidas”, declarou o deputado. Durante o encontro, o deputado salientou a importância de todos se unirem em torno dessa causa para fortalecer a luta, o que certamente colaborará para que o Estado ganhe essa lei o quanto antes. O deputado Marcos Martins está preparando uma moção sobre o tema para enviar ao Ministro de Direitos Humanos, Paulo Vannuchi. O parlamentar pretende colher assinaturas de outros deputados para solicitar ao ministro a criação de um decreto nacional pela inclusão dos monoculares. “Nossa intenção é que em breve os portadores de visão monocular valiam-se dos mesmos direitos oferecidos a portadores de outras deficiências”, finalizou Marcos Martins. Para saber mais sobre Visão Monocular, acesse www.visaomonocular.org.