Marcos Martins visita unidade do ICESP em Osasco para conhecer o funcionamento, atendimento e estrutura do local - Marcos Martins

Marcos Martins visita unidade do ICESP em Osasco para conhecer o funcionamento, atendimento e estrutura do local

Crédito: Assessoria/MM

Marcos Martins visita unidade do ICESP em Osasco para conhecer o funcionamento, atendimento e estrutura do local
Instalação da unidade na região metropolitana oeste da capital foi uma das grandes conquistas do último mandato do deputado petista
Na última semana, o deputado estadual Marcos Martins (PT) realizou uma visita ao Centro Oncológico do ICESP (Instituto do Câncer do Estado de São Paulo) em funcionamento parcial desde outubro do ano passado, em Osasco. Na ocasião, o deputado e sua equipe conheceram o atendimento dos pacientes e o funcionamento do local.
Martins visitou as instalações acompanhado do presidente da ABREA (Associação Brasileira dos Expostos ao Amianto), Eliezer de Souza; de Darcy Santana, representante do Grupo Oncovida; do secretário da Saúde de Osasco, José Amando Mota; e do vereador Aluisio Pinheiro. A delegação foi recebida pelo Dr. Gustavo Albuquerque, assistente da diretoria executiva do ICESP e responsável pela primeira unidade do Instituto fora da capital. Albuquerque esteve acompanhado da Drª Karina Moutinho, responsável pela radioterapia e dos gerentes de enfermagem e atendimento da unidade.
Atualmente, são realizados em Osasco procedimentos como consultas médicas; de nutrição; atendimento ambulatorial e sessões de quimioterapia, atendendo entre 22 e 28 novos pacientes a cada mês. Por ora, a radioterapia ainda é realizada exclusivamente na unidade central, assim como as intervenções cirúrgicas. De acordo com a dra. Karina, o equipamento de radioterapia instalado na nova unidade ainda não possui a liberação da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), motivo pelo qual está fora de funcionamento. O Centro espera contar com mais dois equipamentos para o procedimento, estes sem previsão de chegada.
Segundo os médicos, este é um dos motivos que leva alguns pacientes a fazer parte do tratamento em São Paulo e parte na nova unidade. “Em virtude dos serviços, da complexidade de cada caso, das necessidades dos pacientes e do pouco tempo de funcionamento deste centro estamos estimulando o uso misto”, explicou o responsável pela unidade de Osasco.
“Viemos conhecer de perto o funcionamento desta nova unidade, que já beneficia direta ou indiretamente todos os pacientes do ICESP. Centenas de pessoas precisam do atendimento médico completo em Osasco para não ter que se deslocar até a capital, motivo pelo qual venho colocar meu mandato à disposição do ICESP, pelo bem de todos”, completou Martins.
O centro oncológico foi uma das grandes conquistas do último mandato do deputado, que junto com a ABREA e o grupo Oncovida, reuniu mais de 50 mil assinaturas em abaixo assinado, além de inúmeras campanhas nas ruas. A região metropolitana oeste da capital paulista representa 11% dos atendimentos do ICESP e a descentralização beneficia moradores de pelo menos sete cidades da região.

Na última semana, o deputado estadual Marcos Martins (PT) realizou uma visita ao Centro Oncológico do ICESP (Instituto do Câncer do Estado de São Paulo) em funcionamento parcial desde outubro do ano passado, em Osasco. Na ocasião, o deputado e sua equipe conheceram o atendimento dos pacientes e o funcionamento do local.

Martins visitou as instalações acompanhado do presidente da ABREA (Associação Brasileira dos Expostos ao Amianto), Eliezer de Souza; de Darcy Santana, representante do Grupo Oncovida; do secretário da Saúde de Osasco, José Amando Mota; e do vereador Aluisio Pinheiro. A delegação foi recebida pelo Dr. Gustavo Albuquerque, assistente da diretoria executiva do ICESP e responsável pela primeira unidade do Instituto fora da capital. Albuquerque esteve acompanhado da Drª Karina Moutinho, responsável pela radioterapia e dos gerentes de enfermagem e atendimento da unidade.

Atualmente, são realizados em Osasco procedimentos como consultas médicas; de nutrição; atendimento ambulatorial e sessões de quimioterapia, atendendo entre 22 e 28 novos pacientes a cada mês. Por ora, a radioterapia ainda é realizada exclusivamente na unidade central, assim como as intervenções cirúrgicas. De acordo com a dra. Karina, o equipamento de radioterapia instalado na nova unidade ainda não possui a liberação da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), motivo pelo qual está fora de funcionamento. O Centro espera contar com mais dois equipamentos para o procedimento, estes sem previsão de chegada.

Segundo os médicos, este é um dos motivos que leva alguns pacientes a fazer parte do tratamento em São Paulo e parte na nova unidade. “Em virtude dos serviços, da complexidade de cada caso, das necessidades dos pacientes e do pouco tempo de funcionamento deste centro estamos estimulando o uso misto”, explicou o responsável pela unidade de Osasco.

“Viemos conhecer de perto o funcionamento desta nova unidade, que já beneficia direta ou indiretamente todos os pacientes do ICESP. Centenas de pessoas precisam do atendimento médico completo em Osasco para não ter que se deslocar até a capital, motivo pelo qual venho colocar meu mandato à disposição do ICESP, pelo bem de todos”, completou Martins.

O centro oncológico foi uma das grandes conquistas do último mandato do deputado, que junto com a ABREA e o grupo Oncovida, reuniu mais de 50 mil assinaturas em abaixo assinado, além de inúmeras campanhas nas ruas. A região metropolitana oeste da capital paulista representa 11% dos atendimentos do ICESP e a descentralização beneficia moradores de pelo menos sete cidades da região.