Durante Audiência Pública em Osasco, Marcos Martins defende descarte adequado de lixo perigoso - Marcos Martins

Durante Audiência Pública em Osasco, Marcos Martins defende descarte adequado de lixo perigoso

Crédito: Eduardo Dias/Assessoria MM

Para a construção do Plano Municipal de Gestão Integrada dos Resíduos Sólidos (PMGIRS), cujo objetivo é reestruturar as políticas públicas de manejo e descarte dos resíduos, diversos debates foram realizados em diferentes pontos da cidade de Osasco durante o mês de setembro. Na noite desta terça-feira (22), a audiência pública realizada na Sala Osasco recebeu, além do prefeito Jorge Lapas, o deputado estadual Marcos Martins; o superintendente do IBAMA, Murilo Reple Rocha; o representante da CETESB, Marcelo de Souza Minelli e outras autoridades.
Durante o encontro, o prefeito Lapas destacou a responsabilidade compartilhada na gestão dos resíduos. O deputado estadual Marcos Martins, por sua vez, aproveitou para congratular a prefeitura pela iniciativa e chamar atenção ao descarte do lixo perigoso, em especial o amianto e o mercúrio, ambos alvo de projetos de sua autoria. “Osasco já teve a maior fábrica da Eternit em atividade no Brasil e, hoje, possui um passivo ambiental enorme”, lembrou o deputado.”Milhares de pessoas já morreram contaminadas por substâncias cancerígenas e muitas outras ainda podem morrer. É um assunto importante e precisa ser tratado com seriedade”, destacou Martins.
Ao final do evento foram apresentados dados referentes à gestão de resíduos em Osasco e os próximos passos que a administração pública irá tomar. O texto preliminar do plano deve seguir para a Câmara Municipal.

Para a construção do Plano Municipal de Gestão Integrada dos Resíduos Sólidos (PMGIRS), cujo objetivo é reestruturar as políticas públicas de manejo e descarte dos resíduos, diversos debates foram realizados em diferentes pontos da cidade de Osasco durante o mês de setembro. Na noite desta terça-feira (22), a audiência pública realizada na Sala Osasco recebeu, além do prefeito Jorge Lapas, o deputado estadual Marcos Martins; o superintendente do IBAMA, Murilo Reple Rocha; o representante da CETESB, Marcelo de Souza Minelli e outras autoridades.

Durante o encontro, o prefeito Lapas destacou a responsabilidade compartilhada na gestão dos resíduos. O deputado estadual Marcos Martins, por sua vez, aproveitou para congratular a prefeitura pela iniciativa e chamar atenção ao descarte do lixo perigoso, em especial o amianto e o mercúrio, ambos alvo de projetos de sua autoria. “Osasco já teve a maior fábrica da Eternit em atividade no Brasil e, hoje, possui um passivo ambiental enorme”, lembrou o deputado.”Milhares de pessoas já morreram contaminadas por substâncias cancerígenas e muitas outras ainda podem morrer. É um assunto importante e precisa ser tratado com seriedade”, destacou Martins.

Ao final do evento foram apresentados dados referentes à gestão de resíduos em Osasco e os próximos passos que a administração pública irá tomar. O texto preliminar do plano deve seguir para a Câmara Municipal.