Marcos Martins se reúne com Comissão de Portadores da Fibromialgia e especialista para discutir síndrome - Marcos Martins

Marcos Martins se reúne com Comissão de Portadores da Fibromialgia e especialista para discutir síndrome

Crédito: Assessoria/MM

Marcos Martins se reúne com Comissão de Portadores da Fibromialgia e especialista para discutir síndrome
Nesta terça-feira, 10/5, o deputado estadual Marcos Martins recebeu os membros da Comissão de Portadores da Fibromialgia e a fisioterapeuta e professora da Universidade Mackenzie, Etria Rodrigues, na Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp). O encontro para falar sobre o Dia de Conscientização da Fibromialgia, celebrado em 12 de maio, acontece em virtude da lei 15.461/14, de autoria de Marcos Martins, que institui a data no calendário estadual.
Martins teve o consentimento dos membros da Comissão de Saúde para que o encontro ocorresse naquele espaço, após reunião ordinária da referida Comissão. Na ocasião, os presentes aproveitaram para trocar informações sobre a síndrome, aprofundar e difundir o conhecimento sobre a fibromialgia, que atinge principalmente mulheres entre 35 e 50 anos. “É muito importante falar sobre a fibromialgia para conscientizar pacientes, profissionais da saúde e a sociedade de maneira geral. O diagnóstico é complexo, pois ainda não existem exames laboratoriais que auxiliem o médico. Por isso, é necessário que todos conheçam essa síndrome e saibam identifica-la”, afirmou o deputado Marocs Martins.
O que é a fibromialgia?
É uma dor crônica que se manifesta em diversos pontos do corpo, principalmente em tendões e articulações. Seus principais sintomas, além da dor, são indisposição, alteração no sono, fadiga, cefaleia, distúrbios emocionais; síndrome do cólon irritável; e sensibilidade durante a micção.

Nesta terça-feira, 10/5, o deputado estadual Marcos Martins recebeu os membros da Comissão de Portadores da Fibromialgia e a fisioterapeuta e professora da Universidade Mackenzie, Etria Rodrigues, na Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp). O encontro para falar sobre o Dia de Conscientização da Fibromialgia, celebrado em 12 de maio, acontece em virtude da lei 15.461/14, de autoria de Marcos Martins, que institui a data no calendário estadual.

Martins teve o consentimento dos membros da Comissão de Saúde para que o encontro ocorresse naquele espaço, após reunião ordinária da referida Comissão. Na ocasião, os presentes aproveitaram para trocar informações sobre a síndrome, aprofundar e difundir o conhecimento sobre a fibromialgia, que atinge principalmente mulheres entre 35 e 50 anos. “É muito importante falar sobre a fibromialgia para conscientizar pacientes, profissionais da saúde e a sociedade de maneira geral. O diagnóstico é complexo, pois ainda não existem exames laboratoriais que auxiliem o médico. Por isso, é necessário que todos conheçam essa síndrome e saibam identifica-la”, afirmou o deputado Marocs Martins.

O que é a fibromialgia?

É uma dor crônica que se manifesta em diversos pontos do corpo, principalmente em tendões e articulações. Seus principais sintomas, além da dor, são indisposição, alteração no sono, fadiga, cefaleia, distúrbios emocionais; síndrome do cólon irritável; e sensibilidade durante a micção.