Prêmio Inezita Barroso homenageia artistas de destaque da cultura caipira - Marcos Martins

Prêmio Inezita Barroso homenageia artistas de destaque da cultura caipira

 

Na última sexta-feira, 23/6, aconteceu o Prêmio Inezita Barroso, quando personalidades, duplas e grupos que se destacaram na promoção da cultura caipira de raiz foram homenageados no Plenário Juscelino Kubitscheck, da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP).

De autoria do deputado estadual Marcos Martins, o Prêmio Inezita Barroso foi criado a partir do Projeto de Resolução 31/2015, com o intuito de valorizar a cultura caipira de raiz e qualquer forma de arte popular que a complemente.

“O objetivo deste Prêmio é eternizar o nome de Inezita Barroso, uma grande mulher à frente de seu tempo, que é a tradução do que a cultura caipira representa! O Prêmio é uma maneira de perpetuar este trabalho e reconhecer sua importância. Parabenizo a todos os homenageados, em especial, a Orquestra dos Violeiros de Osasco, que indiquei para ser homenageada nesta edição”, afirmou o deputado Marcos Martins.

O parlamentar agradeceu ainda a presença da filha e da neta de Inezita Barroso, Marta e Paula. “A presença delas enriqueceu nossa cerimônia. Foi uma honra ter ao nosso lado a família de nossa querida Inezita”, completou.

Além da Orquestra dos Violeiros de Osasco, os demais artistas selecionados pela Comissão de Educação e Cultura da ALESP que receberam a honraria foram Bruna Viola; Daniel Firmino; Duo Glacial (Ana e Miguel Cervan – em memória); Jesus Belmiro; Léu (da dupla Liu e Léu); Orquestra dos Violeiros de Santa Fé; Viola Show e Matheus Calil; Waléria Leão; e Zinho do Violão.

Inezita Barroso foi uma das cantoras brasileiras mais destacadas e premiadas, sempre defendendo e valorizando a música de raiz sertaneja, ficou imortalizada com mais de 80 discos produzidos e também no programa “Viola, minha viola”, da TV Cultura.